Um blog sobre Estados Unidos, Brasil e pensamentos aleatórios. Have fun!

Who read my blog until now?

United States, Brazil, Portugal, United Kingdom, Germany, France, Japan, Ireland, Canada, Netherlands, Turkey and Uruguay.
Aperte Ctrl + para aumentar o texto e Ctrl - para diminuí-lo.

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Rest in Peace


O texto "entre a vida e a morte" foi sucesso. Fiquei muito feliz, mas pra quem se lembra, comecei realmente falando sobre vida e morte. Infelizmente, a morte veio mais cedo do que eu imaginava. No meio da semana ela tinha três semanas de vida, no domingo ela faleceu. O que era pra ser esperança, realmente virou pesadelo. O câncer dominou todo o intestino, foram 2 anos e alguma coisa de tratamento e muitas idas e vindas ao hospital. Minha última lembrança sobre câncer foi quando minha avó se foi. Muito sofrimento. Essa doença consome as energias de quem tem e de quem tenta ajudar. É uma praga. Enfim. Quando cheguei nessa família de agora, era Thanksgiving, feriado de Ação de Graças e todos os familiares se reúnem. Foi aí que conheci dona Mariana, a mãe da minha host. Uma senhora mega simpática e bem humorada, mas bem velhinha já. Me apeguei a ela por lembrar muito minha avó. Foram 4 dias de muito carinho com ela. Foi até engraçado. Durante o ano, ela voltou algumas vezes e percebi que ela estava bem doente, mas não entendia o porquê. Na semana passada meu host me contou tudo. Falou da doença e da tristeza toda. Minha host viajou às pressas pra pelo menos tentar se despedir da mãe. E veja como Deus faz as coisas certas. Ela voltou no domingo à tarde. No domingo à noite, dona Mariana faleceu. Eu sabia que isso tinha acontecido só pelo toque do telefone. Quando é da família, o toque é duplo. Era tarde, então associei. Dito e feito. Acho que ela tinha uns 86 anos. Não sei direito. E olha só, num dia falando pra viver cada dia como o último e no outro é o último mesmo.

Não imaginava ter que lidar até com a morte nesse país. Não mesmo. Nessas horas que não queria ser desse jeito. Me apego demais e me dedico demais. Chegamos até a trocar presentes e cartões por correio. Tão pouco tempo e convivo com o ganho e a perda. É triste, mas a morte existe e vem pra nos ensinar um monte de coisa. Uma delas é que perder tempo e economizar carinho, é a maior burrice do ser humano. Não tenha dúvidas. Que ela esteja em paz.

Estatísticas do Blog

Oieeee!

Eu tenho que agradecer o público, meus leitores. Só nessa semana, o blog bombou. O texto "entre a vida e a morte" superou as minhas expectativas e foi parar em tudo que é canto e foi lido em outros idiomas também. Recebi e-mails, recados e mais recados no Twitter, mensagens offline no MSN, recados no Facebook e comentários por MSN também. Obrigada de verdade pra você que divulgou, que leu e repassou com carinho, e obrigada pra quem acompanha o blog sempre. Fico feliz com os resultados e gosto quando consigo ajudar alguém com o que escrevo. Pra vocês terem idéia do que aconteceu essa semana, deixo os nomes dos países/número de acessos, do blog:

Estados Unidos 466
Brasil 383
Canadá 13
Dinamarca 6
Alemanha 3
Reino Unido 3
Holanda 3
Coreia do Sul 2
Portugal 2
França 1

Beijos!

domingo, 29 de agosto de 2010

Maria Gadú em NYC (foto)


Essa foi a foto do domingo (13/06) com a Gadú,
no Joe's Pub, em New York City.
A foto com o Leandro Léo ficou muito estranha rs. Bjos.

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Entre a vida e a morte

Já lidei com vários tipos de sentimentos nessa distância Brasil-Estados Unidos, mas nunca estive numa situação tão delicada como a de agora. Num dia recebo a notícia de que alguém está grávida. Não foi lá grandes coisas devido às circunstâncias, mas sei que logo tudo vai ficar bem e ajeitado e que essa criança vai ser muito feliz. No outro dia, recebo a notícia que alguém, que também conheço, tem três semanas restantes de vida. Daí parei pra pensar "nossa, num dia alguém nasce, no outro alguém morre". Vida e morte numa mistura de sentimentos tão próximos. Todo mundo morre um dia e todo mundo se renova também. Resolvi vir aqui dizer que não existe motivo nesse mundo pra você ficar trancado no seu mundo, pra viver só pra alguém, pra morrer pro trabalho, pra nada disso. O ser humano tem que ter asas, tem que ter liberdade, tem que ir longe. A vida acaba. Às vezes ela acaba enquanto estamos vivos. Amor não acaba. Ele fica ali escondidinho até reacender. Carente todo mundo é, então vai negar um abraço? Vai ficar mendigando sorriso? Eu queria muito que não existisse a morte. Coisa mais feia e triste. Dói, machuca. Mas e quem te machuca de pouquinho em pouquinho estando vivo? Pior né? Tem gente que machuca com palavras, outros com gestos mesmo. Alma pobre. Coração vazio. A vida e a morte existem pra mostrar a linha do tempo que a gente percorre. Você nasce, cresce, se reproduz (se quiser) e morre. É a lei da natureza. Tudo tem começo, meio e fim. A minha vida tem começo, fim e meio, porque pra mim todo dia é o fim, então aproveito tudo, tudo o que tenho direito. Gosto de cuidar de quem amo, gosto de falar besteiras e fazer as pessoas rirem, gosto de estudar, de ler, de saber dos outros, de conhecer, me interesso pela simplicidade e pelo difícil também. E se amanhã não estiver mais aqui? Pelo menos meu último dia foi vivido com intensidade. Como toda pessoa de coração, me machuco muito também, mas também me curo. Já me martirizei por pouco e já chorei por muito também. Lição de vida. Quando você sofre, você aprende. Quando você faz alguém feliz, você é feliz duas vezes. Quando alguém te diz algo que dói, você lava a alma e chora até cansar. E a vida continua... ou não. Eu acredito num destino certo com linhas muito tortas. A minha história é de deixar vocês de queixo caído, acreditem. E sabe o que eu sempre levei em consideração? Viver. A vida é minha, mas minha felicidade é compartilhada. Talvez amanhã seja diferente, talvez não. Mas não esqueça disso não, nós vivemos todo santo dia "entre a vida e a morte" e nesse intervalo é que você aprende realmente o que é viver. Aproveite.

Beijos!
 
Marcela Rios (M's)

sábado, 21 de agosto de 2010

Walt Disney World - Orlando, FL


E a Disney hein?! A foto já diz MUITO, mas não custa escrever sobre a semana. Quanta coisa tenho pra falar, quantas mil fotos tirei. Uma das experiências mais interessantes que vivi. Viajei com uma família que não é minha, falando outra língua, total convivência 24 horas e com tudo, tudo pago, pra um dos lugares mais conhecidos do mundo e desejado por muita gente. Eita pessoa de sorte viu?! E põe sorte nisso.

Passamos seis dias no Walt Disney World. A Disney é na verdade a junção de quatro parques: Magic Kingdom, Animal Kingdom, Epcot e Hollywood Studios. Chegamos no sábado dia 14 e descansamos. No Domingo foi dia de Epcot. O parque é dividido por "países". México, Noruega, Canadá, China, Japão, Alemanha, etc. Cada qual com suas características. No fim da noite acontece a queima de fogos no lago, que é lindo, lindo. No meio do lago surge um glogo mostrando imagens dos países e me deixou impressionada. É lindo. Quero uma TV no meu quarto que nem aquele globo rs. No Epcot tirei foto com a Margarida, Pateta, Mickey, Minnie, Pluto e Donald. Sim, se você não sabe, a Disney é pra crianças e adolescentes, mas os adultos se divertem bastante também. Me acabei de tirar foto rs.

Na Segunda foi dia de parque aquático. Fomos pro Typhoon Lagoon. O parque também é uma das atrações Disney, mas não como Walt Disney World. Na minha opinião só muda a entrada kkkk. É tudo da mesma farinha. Não tenho fotos desse parque, porque só fomos com roupa de banho mesmo, pra não correr o risco de perder nada. Como qualquer outro parque aquático, tinha muita água e muitos tobogãs rs. Foi divertido.

Na Terça foi o dia mais esperado. Sabe o castelo famoso que tem na abertura dos filmes da Disney, que tem nas fitas VHS, que é conhecido como Walt Disney Castle?! Pois é. Ele fica dentro do Magic Kingdom. Além de ter o prazer de ver o castelo, meu host pagou pra almoçar DENTRO do castelo com as princesas. Fala se eu não tenho sorte?! =) O Magic Kingdom é o mais conhecido e mais bonitinho também, porque tem shows, tem o castelo, as princesas e a Disney Electrical Parade. Os personagens desfilam com efeitos de iluminação e é lindo de se ver. As atrações são uma graça. Tem a simulação do vôo do Peter Pan, tem Toy Story, Branca de Neve, Winnie the Pooh, muito show. Após o desfile dos personagens, tem queima de fogos no Castelo. Fora que as luzes no Castelo mudam de cor. É PERFEITO!

Na Quarta foi dia de Hollywood Studios. O parque é voltado pros filmes da Disney, então a decoração é bem criativa e é normal encontrar personagens dos filmes e do canal Disney, por exemplo, Playhouse show. Assistimos o Playhouse Show. Achei fofíssimo e bem criativo. Os fantoches surgem do chão no palco e interagem com o público e com a apresentadora. O que mais gostei foi a peça da Pequena Sereia. Tô até agora tentando descobrir como ela virou gente no palco. Um efeito perfeito. Eu gravei e vou pôr no blog pra vocês entenderem. Muito linda a peça. No Hollywood Studios tem o chapéu do Mickey Feiticeiro bem grande. Eu amei. Decoração show de bola. Tirei foto com Os Incríveis, que eu aaaaaaaaaamo. Na verdade pirei nesse parque, porque tem muita coisa sobre as animações da Disney.

Na Quinta foi dia de parque aquático de novo, mas dessa vez Blizzard Beach. Uns tobogãs mais demorados e divertidos também. Nos acabamos de tanto subir escada e carregar bóias, mas foi muito bom. Blizzard significa uma grande tempestade de neve, e a decoração seguia isso. Todo lugar tinha algo branco simulando neve. Fora a água gelada que surgia do nada rs.

Depois do parque, fomos jantar num hotel chiquérrimo. E esse jantar ficou pra história viu?! Minha cabeça deu um giro de 360 graus. Quem diria que poderia passar por isso?! Jantando com uma família mega bacana, na Disney, falando inglês sobre vários assuntos e fazendo até piada e ainda usando vestido?! rs. Foi uma mistura de orgulho com saudade e vontades. Senti uma coisa boa e bem forte. Sabe aquela história "quem tem boca vai à Roma"? Pois é. Eu acho que quem tem boca e força de vontade vai à qualquer lugar do mundo. E sou totalmente contra a quem vive numa bolha. A vida precisa ser explorada. A sensação de prazer de ter conseguido isso tudo, não tem preço.

Na Sexta de manhã, a idéia era nadar com os tubarões, e até parece que eu ia me enfiar nessa né? Graças a Deus fiquei com o Ian em casa rs. Lembra da baleia assassina? Então. Vai que o tubarão inventa de comer o peixe da minha perna. Sai fora. À tarde voltamos pro Magic Kingdom, mais compras, mais caminhada, mais diversão. Encerramos a noite com chave de ouro, porque esse parque é lindo, lindo. O castelo mudando de cor é de impressinar sim. Amei.
 
E a semana encerra. Foi tudo muito bacana. Adorei e aconselho a quem puder visitar, fique à vontade. Não esqueça que é um mundo de fantasia, então não crie tantas expectativas. O parque é feito para as crianças, onde as "crianças grandes" também se divertem. =) A família americana me tratou super bem, com muito respeito. Bancaram minha viagem e me proporcionaram visitar um dos lugares mais famosos do mundo. Só tenho a agradecer e agradeci. Disse o meu muito obrigada por me proporcionar tudo isso. Só não foi perfeito, porque não pude compartilhar com pessoas que amo que estão no Brasil, mas pra quem me acompanha como minha mãe, irmãs e um certo alguém aí, sabem o quanto feliz eu estava, e ainda estou. Mais uma oportunidade, mais uma superação, mais uma viagem inesquecível.
 
Beijos. =D

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Disney World - Orlando, FL

São muitas fotos pra publicar, muita coisa pra dizer,
mas vou deixar pra fazer isso quando a semana acabar.
Por enquanto fica a foto clichê da Disney.
O famoso castelo Walt Disney World pra vocês.

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Orlando - FL 2

Só pra deixar um gostinho do dia de hoje.
Beijamos o Mickey, Minnie, Pluto, Pateta e o Pato Donald rs.

sábado, 14 de agosto de 2010

Orlando - FL 1

E a aventura começa. Uma semana com a família americana num dos lugares mais desejados do mundo. Acordamos cedo e de repente me reparo com todos com a mesma camiseta verde da Disney. Foi a coisa mais fofa me deparar com isso. Por pura coinscidência estava com a minha camiseta da Disney também, verde, mas da Sininho. Resumindo, estávamos todos combinantes pra viajar. Parece até história de família Buscapé rs. A tática era "se alguém se perder, procure por uma camiseta verde limão" rs. Inteligente até.
No aeroporto, Bec fez amizades, Ian usava o mini-game e tudo estava dentro dos conformes. Apareceu um ser falando da Apple pelos cotovelos e a hora passou rapidinho. Deu pra esquecer até o medo de avião por alguns segundos rs.
Agora estamos no vôo, tudo indo bem. Orlando, FL, logo estou aí.
Caracas, tem noção que estou indo pra DISNEY?! Uma oportunidade espetacular. Muitooooo feliz, muito feliz mesmo. Manteremos contato. Vou tentar postar o máximo possível de informação, afinal, o blog continua sendo referência pra outras meninas do mundo todo. Obrigada mesmo por acompanharem. =)


- Posted by my iTouch.

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Política me dá náuseas

Época de eleição e em tudo quanto é canto, só se fala disso. Político pra mim é tudo farinha do mesmo saco, diferenciando pelas ações que realmente colocam em prática. Uns prometem mundos e fundos e não cumprem uma frase sequer. Então por que fala? Promete só pra ganhar e depois o país continua na mesma ladainha. Queria que surgisse um político com conceitos e ações mútuas, onde os resultados seriam expostos e aprovados. O Brasil precisa de muita mudança, muita mesmo. É um país recheado de preconceitos, de falta de avanço tecnológico e de estrutura. A educação precisa de um empurrão também. Muita gente pobre, muita gente sem rumo. Da segurança então, nem comento. Claro que existem projetos sociais que tiro o chapéu, e que provocam ações benéficas. Mas é preciso mais. Precisamos mais do que palavras desses nossos governantes.

Dos candidatos à presidência, gosto mais do Serra, mas isso não indica que é o ideal pro Brasil. Não temos como saber. Seja lá quem for o presidente, será preciso ter pulso firme e colocar a máquina pra funcionar. Uma equipe inteira direcionada pra um governo bem feito com resultados que valham à pena de verdade.

Me lembro de uma frase "Brasil em ação, futuro nas mãos" feita por um aluno, o Vagner, da época do colegial que ganhou um concurso e foi conhecer o Fernando Henrique Cardoso. Quer saber? É isso mesmo. Brasil em ação, é movimento, é competência. Pra essa melhoria toda acontecer, tem que partir dos governantes sim, mas também de dentro de nós. Consciência mais um governo bem efetuado, gera bons resultados. Espero de verdade que os políticos façam um excelente trabalho no Brasil, mas também espero que os cérebros de azeitona, culturalmente falando, mantenham suas bocas fechadas e cedam aos que querem um país melhor, sem corrupção, sem violência e com mais respeito entre uns e outros.

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Brasil 2 x 0 EUA


"PUTA QUE O PARIU!" Hahahaha.
Foi esse grito que soltei quando cheguei no estádio. Foi lindo. Um monte de brazuca reunido, inglês e português pra todo lado, fogos, foi maravilhoso. Ninguém, e nem em lugar do mundo nenhum, tem essa energia brasileira o tempo todo. O Brasil, apesar das diferenças, falta de evolução, tem energia que envolve e surta. Cantei ALTO, "sou brasileiro com muito orgulho, com muito amor" no meio de um monte de americanos. Eles riam da gente, mas que se exploda.

O jogo aconteceu no estádio New Meadowlands, em New Jersey. Fomos eu e a Pri. O estádio é lindo, limpo e organizado. Foi a estréia do Mano na seleção. Um gol do Neymar, e gritamos até cansar, pulamos. Gol do Pato, comemoramos, perdi a voz e o gol foi anulado hahahaha. Mas ele insistiu e gol do Pato de novo, dessa vez valendo. Foi demais. Teve gol anulado dos EUA também.

A emoção e o orgulho tomaram conta. O jogo foi muito bom, a festa foi linda e a contagem regressiva pra chegar no Brasil é feita. Cara, como estou feliz e realizada. Obrigada mesmo meu Deus por me dar forças, paz de espírito e coragem pra ser tudo o que sou e melhoro dia após dia. Obrigada também por colocar na minha vida pessoas que me dão ar pra respirar e um carinho sem tamanho.

Valeu Brasil, valeu Mano.
Bora Brasil! Arrasa. ;)


- Posted by my iTouch.

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Hoje tem jogo

Hoje tem jogo da seleção brasileira contra os Estados Unidos e estarei lá pra torcer pelos nossos meninos. Fora que é a estréia do Mano Menezes como técnico da seleção. Acho chique isso hein?! E vamos torcer juntos. VAI BRASIL!


- Posted by my iTouch.

domingo, 8 de agosto de 2010

Um lapse

Reli hoje um blog de 2007, revirei um monte de coisas que não deveria nem sequer chegar perto, e daí lembrei que alguém um dia me amou muito e também me machucou muito. Hoje? Hoje essa pessoa faz outra pessoa feliz, divide planos, se emociona com as mesmas músicas, faz tudo o que fazia quando estava comigo. E é assim, a vida continua a pregar peças, e isso não pode ser esquecido. Se não der certo uma vez, parte pra outra, mas a essência é sempre a mesma, se bobear um pouco pior. Só o tempo diz.

Dia dos Pais

Oieeee,

E se te bater um momento de solidão, uma vontade imensa de gritar, ou um aperto enorme no peito que te faz chorar não tenha medo de fazê-lo. São momentos de raiva e solidão que nos tornam mais fortes e mais experientes e é nos momentos de tristeza que encontramos quem realmente gosta do pouco ou do muito que temos pra oferecer.

Mandei esse texto essa semana pra uma amiga e resolvi publicar.

Hoje é domingão de Dia dos Pais. Já liguei pro meu, que é pai e cunhado, não necessariamente nessa ordem. Marco Antonio é meu pai desde que me conheço por gente e é uma pessoa muitíssimo iluminada e que só me faz e fez bem até hoje. Ajudou a me educar, apoiar e merece todo o meu amor, atenção. Ele é LINDO! Tem um coração enoooooooorme. Ano que vem comemoramos juntos. Muita saudade.

FELIZ DIA DOS PAIS aos pais, aos amigos, aos homens de boa vontade.

Um beijão.

M's.

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Neve no Brasil?


E quem diria, em São Paulo está bem mais frio que aqui, o povo no Rio de Janeiro usando luvas e está nevando no sul do Brasil. Quando era inverno aqui, enfrentando a neve, reclamava que nem sei lá o que, e sei que logo começa tudo de novo, mas tenho que postar que é bem feito pra quem ria de mim me entupindo de blusas e cachecol. Agora aguenta rs. Sério gente, não imaginava mesmo que pudesse chegar a ponto de nevar no Brasil. Caramba. Apesar que o frio daí nem se compara com o frio daqui. Enquanto no inverno em São Paulo fica 14 graus e o povo põe a jaqueta mais quente, aqui faz MENOS 14 e saio na rua parecendo um esquimó. Mas tudo bem, são países de clima extremamente diferentes, e o Brasil é tropical. Que passe logo esse frio aí, porque sei o quão chato é. Quer dizer, pra quem tem cobertor de orelha, até que não é um problema, mas pra quem não tem, não tem graça nenhuma não rs. Eu tenho mais um outono, um inverno e um verão, daí estou no Brasil. Contando os dias. Aeeeeeeeeeee.

Um beijo grande e se nevar em São Paulo, tira foto e me manda. =) É histórico.

terça-feira, 3 de agosto de 2010

De bobeira

Hoje estou no pique de mostrar os dentes, de sorrir de bobeira. A cara de idiota não nega, mas sem motivos pra reclamar, numa felicidade sem tamanho continuo aqui falando essa língua enrolada. Na verdade já falo o português enrolado rs.

Na semana que vem tem o jogo do Brasil x EUA e estarei lá torcendo pelos nossos meninos. Tomara que ganhem né?! Não tô afim de ouvir piadinhas dos americanos. =)

E em 10 dias estou na Disney, em mais alguns na Califórnia. Em outros Miami. Eita vida dura. Daí fica faltando Hawaii e fica tudo bem. Já posso voltar TOTALMENTE realizada.

As crianças continuam indo ao Camp de verão e eu continuo na minha luta comigo mesma. 1 mês e pouco sem Phillip Morris e -2kg. E ainda sorrindo de orelha a orelha. Quero mais o que?!

A dica de hoje: o presente não tem esse "nome" por acaso.

Beijo gente.

M's


- Posted by my iTouch.

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Lojas 5th Avenue

Campanha da Diesel que diz "Seja estúpido", vitrines ousadas, modelos tirando foto com a galera (esse é praxe da Abercombrie & Fitch) e até DJ dentro da loja é o que encontrei na quinta avenida em New York City no fim de semana.
Criativos, ousados e interessantes. Have fun!






Quem vê carro, não vê coração

Oi gente!

Me fala que se um cara chegasse num Mustang, numa Ferrari, num Porshe, ou sei lá o que, se você não gamaria? O povo fala que quando o cara é feio, se tem carro bonito, o coitado fica lindo. E olha, depois da exposição de carros que vi em NYC, não é de duvidar não viu?! Cada carrão, minha nossa. Os carros dominaram a rua 44 e não fizeram feio. Babei! Que fique claro que é um comentário viu?! É claro que não é argumento suficiente pra ter uma vida amorosa satisfatória. Ninguém escolhe um casamento pela potência, pelo preço, hahaha do tipo: seu casamento é 2.0? 1.8? hahaha. Nossa, já vieram várias idéias idiotas pra comparar casamento com carro. Melhor parar rs. Tem muita gente que term um casamento bem "Fusca" (das antigas) e outros bem  "Mustang" (quase não se vê) hahaha. Esses maridos que somem sabe? Sei não.

A exposição aconteceu à noite, no sábado, na rua 44 perto da Broadway. Sem querer encontramos e ficamos lá babando nos carros. É fácil encontrar esses tipos de carros circulando aqui nos EUA, mas encontrar tudo no mesmo lugar dá até tontura rs. Bem bacana. Gostei.

O fim de semana foi perfeito mais uma vez na companhia da Tássia tirando sarro da minha cara de idiota apaixonada nas ruas de NYC. Muitas risadas. New York City é um passatempo e tanto. Vou sentir MUITA falta. Afinal, agora não me importa há quanto tempo estou aqui, mas sim quanto tempo falta pra chegar no Brasil. Já disse: contagem regressiva. Putz, no sábado comemos feijoada, tomei caldo de feijão e lembrei dos meus amores no Penha Lapa, comi coxinha na Little Brazil. Muitoooooooo bom!

Muito feliz pra resumir como me sinto nesse último mês.

Beijão!