Um blog sobre Estados Unidos, Brasil e pensamentos aleatórios. Have fun!

Who read my blog until now?

United States, Brazil, Portugal, United Kingdom, Germany, France, Japan, Ireland, Canada, Netherlands, Turkey and Uruguay.
Aperte Ctrl + para aumentar o texto e Ctrl - para diminuí-lo.

sábado, 27 de junho de 2009

A família

Todos me escrevem perguntando como é a família e como estou em New Jersey, aí vai o post pra dizer sobre isso.
A família é indescritível. Todos são muito educados, encantadores. Me deixam muito à vontade, me fazem muito bem. A casa tem um clima agradabilíssimo. O lugar é maravilhoso, tem casas monstruosas e lindas lindas, muito lindas. Não há grades, não existem portões, é tudo muito livre. A host mom é uma pessoa espetacular e me ajuda em tudo quanto é detalhe. O host dad é fantástico também. Simpatia é a palavra que define essa família. As crianças ao me receberem com o bolo de sorvete já foram cativantes. Eles são crianças, logo podem apresentar atitudes de crianças como manha, birra, essas coisas. Mas não vi nada de absurdo até agora. O cachorro é enorme e lindão. Acho que dá uns 35 Átilas. Ai que saudade do meu pequenininho lindo. Por aqui tem veados (animais rs) e esquilos pelas ruas, então é normal ver quando estiver no quintal. É engraçado. Quando vi na primeira vez lembrei dos "bambis" rs.
Estou amando, estou bem, tenho uma cama king size, um quarto só pra mim, academia na casa, comida de tudo quanto é tipo, e só falta o carinho de mãe que é isso que mata, mas é só pensar nos meu objetivos, focar no que preciso focar e seguir. Tenho força de vontade e cheguei até aqui pra vencer. Além de morrer de saudades da família, tô morrendo de saudade de você meu peixinho lindo.
Já estou matriculada no curso “English for business” e em setembro começo “English as a second language” (TOEFL). Estou muito feliz por tudo estar se encaixando. Já fiz teste de volante pra dirigir o carro automático daqui, e confesso que foi uma belezura... rs!
Já fiz amizades com as Au Pairs da região, inclusive com a que estava na casa que estou. Amanhã, domingo, já temos planos juntas. Além de estudar, trabalhar, me adaptar a tudo isso, é claro que preciso de vida social. Beijo pra todos e fiquem com Deus.

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Hotéis e Contatos

Ao chegar em Washington recebemos a notícia que teríamos que passar a noite no hotel Hyatt e de manhã partir pra NYC. Nem tive problema com a alfândega e foi uma emoção e tanto passar pelo portão "welcome to the united states". O aeroporto de Washington é muito bonito e foi até divertido ouvir inglês pra todo lado. Fomos pro hotel e foi encantador. O hotel é enorme e muito lindo. A maioria das meninas pegaram um quarto pra duas pessoas. Peguei um quarto só pra mim, então as au pairs vieram jantar o pão com peito de peru no meu quarto. Demos muita risada e todas estavam bem felizes por estar nos EUA. Cada uma pro seu canto e no dia seguinte partimos pra NYC. Muito cansada chegamos em NY e já seguimos para Stamford em Connecticut. Outro hotel muito lindo. Recebemos orientação sobre o dia perdido e fomos pro quarto. Divido quarto com uma holandesa e uma alemã. Já fiz muitas amizades até agora então não foi difícil me comunicar. Esther me lembra a Xuxa e é bem alta rs. Lena é um pouco tímida, mas gente fina. Confesso que tinha um pouco de medo dessa fase, mas ser cara de pau nessas horas ajuda muito. Ainda continuo achando o café horrível. Sorte que aprendi com as alemãs a tomar chocolate (Nestlé) com água quente. Fica tipo um capuccino cremoso. A única coisa gostosa de comer até agora. Hoje temos orientação até depois do almoço e daí sigo pro aeroporto de Newark. Lena, Esther e eu ficaremos próximas então já marcamos de passear em NY. Mesmo adorando as meninas do Brasil ainda bem que as colegas de quarto são de outros países, assim posso e realmente tenho que falar só inglês. A comunicação está difícil com o Brasil, mas já liguei e mandei emails dentro do que pude. A saudade já está me esmagando, mas tenho que ter muita força e seguir. Emails e telefonemas ajudam muito. Hoje, após conhecer a família, escrevo contando como foi. Bjos.

No avião

Mais demora assim que esperamos o ônibus na segunda de manhã e mais ainda quando chegamos no aeroporto. Sorte que fiz amizades no hotel já. Nádia, que é parecidíssima com a Fê Araújo, vai ficar em Washington assim como a Geralda que mora lá há 23 anos. Ficamos aguardando o avião das 9h30 às 13h. Embarcamos às 13h30. Cada uma ficou num setor. Achei que ia ter um treco nessa experiência, mas está indo tudo bem. Serviram comida com gosto de nada e coisa nenhuma, um frango ensopado com vagem e purê, salada, coca-cola, brownie e é claro que tomei café da Starbucks. O café é horrível. É aguado e não há açúcar que ajude. Agora estamos passando por Georgetown. O mapinha na minha frente vai indicando o trajeto. Ainda tem céu (e não chão rs) até os EUA. Já assisti um filme em inglês e rezei pra caramba nesse avião que não parava de balançar. Minha irmãe vai ficar orgulhosa com o que tô vendo. Estamos passando pelo OCEANO ATLÁNTICO huahua. É só um pedacinho, mas passa. Parabéns pela sua geografia adequada. Tem bastante menina do Au Pair indo também e pelo atraso vamos ter que ficar no hotel em Washington e perder mais uma parte do treinamento de amanhã. Faz parte e tudo dará certo. Já tô morrendo de saudade do Brasil, da minha família e do meu peixe, mas é preciso ter muita calma e força de vontade. Tenho objetivos a cumprir. Estou ouvindo o que no Brasil eu chamaria de "Alfa Fm", mas é a rádio da cia. aérea, muito boa por sinal. Agora vou descansar de novo que o povo chato da alfândega em Washington D.C. me espera.

Hotel em SP antes de viajar

Uma semana na casa da mãmis, muito amor, carinho, muita paz também, algumas despedidas e uma em especial perfeita no Guarujá. A galera reunida na festa junina do Santíssimo foi perfeito. Amigos e família é algo que tenho orgulho em dizer que sim, eles me amam e muito. Muito choro, riso, correria e chega o dia. Terminei de arrumar as malas com a irmãe, ajusta aqui, empurra ali, fica tudo pronto. Churrasco pra eu me acabar de comer e uma corrida até o shopping. Tudo ok. O coração fica apertado de um jeito que não tem explicação. É muita saudade que vou sentir. Despedida da mãmis e da Nê pela webcam e já choro. Fomos pro aeroporto. Num carro eu, irmãe, cunhadopai e meu peixinho. Nos outros Beto, Dandan, Nan e Nem. Eu morrendo de medo só de pensar nas turbinas do avião. Acabou que o vôo foi cancelado, porque quebrou uma peça do avião. Menos mal que o avião ainda estava no chão rs. Todo mundo espera uma van e seguem pro hotel pra embarcar amanhã cedo. Hoje, domingo, depois de correr horrores no aeroporto, me despedir na correria dos meus amores, vim pro hotel Meliá. É certo que já fiz amizades e já tô colocando o inglês em prática. No jantar ficamos em cinco pessoas, incluindo um americano que passou uns dias em Salvador. Falamos sobre comidas, New York e até do Obama rs. Agora no quarto, sozinha cai a ficha de que a aventura começou e que tudo depende de mim. Já sinto saudade do Átila, dos beijos de boa noite e do meu amor me dizendo boa noite. Mesmo sabendo de toda a saudade que vou sentir me sinto realizada e orgulhosa. É uma etapa e vai passar logo. Obrigada papai do céu. Obrigada pelas pessoas maravilhosas da minha vida e por me fazer forte e amada.

quinta-feira, 11 de junho de 2009

Horário do Vôo e Conexão em Washington

Seguinte, pra quem quiser ir até o Aeroporto, seguem as informações.
Primeiro de Guarulhos pra Washington, e depois de Washington pra New York.
Caracas, se já dá medo de um vôo, imagina com conexão. Ok, melhor não pensar muito nisso.

Saída de São Paulo, Aeroporto de Guarulhos.
Flight date: 21 June 2009
Departure airport: Gru, Sao Paulo
Flight and airline: UA860 United Airlines
Check-in time: 19:10
Departure time: 21-Jun-2009 at 22:10

Chegada em Washington:
Arrival airport: Washington (dulles), Dc
Arrival time:
22-Jun-2009 at 06:31

Connecting Flight (Conexão em Washington):

Flight date: 22 June 2009
Departure airport: Washington (dulles), Dc
Flight and airline: UA7814 United Airlines
Departure time: 22-Jun-2009 at 12:15

Chegada em NY:
Arrival airport: New York (laguardia), Ny
Arrival time: 22-Jun-2009 at 13:51

Fico três dias em treinamento em NY, e no dia 25 de junho, por volta das 16h30 a Host Mom me pega em no aeroporto de Newark (a agência me leva até lá). Segundo a host mom, minha colega de quarto durante o treinamento em New York, irá morar há dez minutos de onde vou ficar. Ela vai morar em Montclair. Show de bola né? Já dá pra ter alguém pra compartilhar o desespero de ficar longe do Brasil, e outro n's motivos.
É, já está chegando. Falta uma semaninha.

Beijocas.

quarta-feira, 3 de junho de 2009

Faltam 18 dias. A cabeça fica a mil, mas sei que no final fica tudo bem. Enquanto continuo no Brasil tento curtir os amigos ao máximo. Teve reencontro com a Ícone no fim de semana pra matar a saudade. Pessoas que estiveram comigo durante a faculdade e que são muito especiais na minha vida.

No sábado acordei um pouco irritada e melancólica também. Fui almoçar com o Nan no shopping e resolvi marcar algo com a Dandan. Fomos pro Penha, bar onde sempre vamos pra desestressar e falar da vida. Fomos eu, ela e a Mary. Demos muita risada e bebemos muito. No começo da noite já com o Álan e a Nane na mesa com a gente resolvemos ir pro Camping com a Danny. Fomos todos exceto a Nane. Passamos a noite lá e no dia seguinte voltamos. Mais um encontro de muita bagunça e risada.

Já está rolando estresse de algumas pessoas por causa da minha viagem, mas tem tanta coisa pra eu pensar que é melhor começar a ponderar as coisas e definitivamente arrumar as malas. Uma aventura bem maior do que todas até hoje me espera.

Já tenho dois encontros marcados em NY com brasileiras. Chique né? Uma delas é a Kawana que morava no condomínio que morei por muito tempo e a outra é amiga da Danny que conheci no camping. Ela mora em Orlando há sete anos e é casada com um americano.

Já ando mais tranquila com o fato de ficar longe de todos daqui, mesmo porquê são bons anos de planejamento e expectativa. Não foi algo que veio na minha mente numa manhã ensolarada.

A correria com papéis e documentação em geral já começou, mas perto de tudo que tive que correr atrás considero isso fichinha. Procuração já resolvida, habilitação internacional resolvida após parecer uma barata tonta no Detran, e agora faltam as traduções juramentadas pra resolver e o cartão Confidence. Tudo isso fica pra segunda-feira, porque só posso fazer depois da homologação.

A parte mais complicada agora é decidir que roupa levar, sapatos, maquiagem e mais um monte de detalhes. Até que está sendo divertido de certo modo. Já ganhei tênis novo da irmãe lindona e comprei outro também. Decidi que vou levar meu violão então preciso de uma capa nova pro coitadinho. Dinheiro é algo fundamental nessa etapa e isso é válido ressaltar.

Hoje me sinto orgulhosa por atingir tudo isso. Agradeço a minha família por me formarem alguém de caráter e me dar muito amor e também aos verdadeiros amigos que sempre me depositaram confiança e companheirismo. Confesso ser muito iluminada e audaciosa.