Um blog sobre Estados Unidos, Brasil e pensamentos aleatórios. Have fun!

Who read my blog until now?

United States, Brazil, Portugal, United Kingdom, Germany, France, Japan, Ireland, Canada, Netherlands, Turkey and Uruguay.
Aperte Ctrl + para aumentar o texto e Ctrl - para diminuí-lo.

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

O ano da Copa do Mundo


E chega o tão esperado ano da Copa do Mundo. Críticas de todos os lados, reclamações e muitas vírgulas. A Copa exigiu um movimento financeiro muito grande do nosso país, principalmente dos cofres públicos, porém tenho certeza que isso vai ser passado em branco. Brasileiro tem memória curta e todas essas reclamações vão ser jogadas no ventilador e nada vai acontecer. Antes de reclamar dos impostos e o quanto foi investido nos estádios de futebol, garanto que já tem gente olhando o calendário pra ver quando vai folgar pra assistir o jogo e com que galera estará presente. Gente, o Brasil é o país do futebol, exemplo mundial, campeão cinco vezes, então pode falar o que for. A Copa vai acontecer. As consequências virão se o Brasil perder, ah isso sim. Imagina o país sede, cinco vezes campeão, perder a Copa em casa? Vai ser avassalador. Se cuida Felipão, pois a torcida não vai calar, pode esperar! 

Agora vem cá... como vai ser a comunicação durante a Copa? Taxistas, motoristas de ônibus, pedir aquela ajuda no metrô, enfim... tudo em inglês? Será que estamos preparados para ajudar? Acho que não. O que a Fifa com certeza vai ter que dispor é uma equipe sensacional que supra as necessidades dos gringos. Mas a Fifa precisa mesmo fazer isso? Gringos, meus queridos. Quando viajamos para fora do país temos a obrigação de saber falar inglês, agora quando os gringos vem para o Brasil nós precisamos ainda assim falar inglês? Talvez. O fato é que muitos gringos que falam inglês são preguiçosos pra aprender o português, ainda mais pra um evento mundial onde o inglês deve ser considerado o idioma principal. Em inglês ou em português, acho que a comunicação vai ser um evento à parte. E acredito que cada comissão técnica tenha um intérprete para ajudá-los. Para os gringos que vão comparecer no Brasil para assistir os jogos, desejo boa sorte. Que ao menos o guia de sobrevivência em português façam parte da vida de vocês, ou nem ligo se vocês estão procurando o metrô (subway) ou o restaurante fast food.

Milhões, bilhões, zilhões... não importa! Tenho certeza que a emoção vai tomar conta do país, que essa terra gigante patriota vai tremer e vamos torcer pelo sucesso da nossa seleção. Os bares vão explodir, os telões vão surgir em garagens, salas e botecos, as famílias estarão reunidas e vamos gritar, gritar como nunca. É um orgulho imenso torcer pela seleção, e que venha a Copa. Vamos torcer e esquecer de todos os problemas que o país tem. Futebol, pão e circo, a teoria de entretenimento mais famosa no mundo. Mesmo que existam famílias sofrendo, que o sistema de saúde esteja uma bosta, que as favelas não cansam de aumentar e que o transporte coletivo seja menos confortável que um caminhão de bois, estaremos fazendo "ola" e gritando "olé", isso é fato. 

Amante ou não do futebol, aceite... a Copa vai acontecer e muita gente nem vai ligar se você tem arroz e feijão em casa. A Copa é um propósito interativo e que é pra trazer distração. 

Que venha a Copa do mundo. Que venha Cristiano Ronaldo, Neymar e todos os nomes famosos do futebol mundial. Que o entretenimento seja de todos, sem violência e com muita alegria. Junte os amigos, a família e boa diversão. Ninguém gosta de ficar discutindo problemas. Gosta?

O mascote

A bola oficial da Copa 2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário!

M's